Inscrições para sorteio de casas populares em Cacoal, RO, será realizado em março
Sábado, 02 de Março de 2019 - Atualizado as 20h03min

As pessoas que queiram participar do sorteio das 300 casas populares do projeto do Governo Federal "Minha Casa, Minha Vida", que estão sendo construídas em Cacoal (RO), município a 480 quilômetros de Porto Velho, devem ficar atentas, pois as inscrições começam no dia 9 de março deste ano e seguem até o dia 27 do mesmo mês. Para a construção das casas, estão sendo investidos R$ 21 milhões.

De acordo com a prefeita de Cacoal, Glaucione Rodrigues, as casas populares são chances que os cacoalenses que moram em pontos próximos a rios têm de viver em locais mais seguros, e um percentual dessas casas serão sorteadas entre essas pessoas.

“Nós temos um percentual dos ribeirinhos, eles são prioridade. Também temos os idosos, mulheres com crianças. Todos poderão ser contemplados por meio de sorteio”, explicou a prefeita.

O projeto foi aprovado no ano de 2017, sendo que Cacoal foi um dos 10 municípios da região Norte a ser contemplado com o projeto. Para ter o direito de participar do sorteio, os interessados devem seguir orientações.

 
Casas populares do programa "Minha Casa, Minha Vida" são construídas em Cacoal — Foto: Reprodução/Rede AmazônicaCasas populares do programa "Minha Casa, Minha Vida" são construídas em Cacoal — Foto: Reprodução/Rede Amazônica

Casas populares do programa "Minha Casa, Minha Vida" são construídas em Cacoal — Foto: Reprodução/Rede Amazônica

O sorteio será feito por meio de distribuição de senhas. No dia 9 de março os interessados devem ir até o Centro dos Esportes e Cultura (CEU), localizado na avenida Primavera no Parque Fortaleza Vista Alegre, das 8h as 16h. O secretário da Secretaria Municipal de Ação Social e Trabalho (Semast), Elias Nunes, afirmou que somente nesta data o atendimento de inscrição se estenderá durante todo o dia.

“Do dia 11 de março até o dia 27 do mesmo mês, as pessoas devem procurar o CEU para a retirada de senha das 8h as 13h. Nosso critério de prioridade vai abranger deficientes físicos, idosos e moradores ribeirinhos”, destacou o secretário.

Elias também afirmou que caso a procura seja maior que a demanda, o sorteio acontecerá entre esses grupos prioritários, no entanto, caso não sejam sorteados, as senhas deles retornam para a urna, onde participarão do sorteio geral. Para participar do sorteio, as famílias precisam ter renda de até R$ 1,8 mil, como critério inicial.

  • Fonte: G1/RO
Rondônia Governo do Estado
Publicidade
loading... Carregando conteúdo...

Digite aqui seus comentários.

Reload the CAPTCHA codeSpeak the CAPTCHA code
 
Publicidade