MFM inaugura Central de Triagem em Cacoal
Quarta, 10 de Outubro de 2018 - Atualizado as 15h27min

A MFM Soluções Ambientais inaugurou a Central de Triagem do Aterro Sanitário Regional de Cacoal, na região Centro de Rondônia (475km de Porto Velho, Capital). A cerimônia contou com a presença da prefeita de Cacoal, Glaucione Rodrigues, dos catadores de recicláveis no município e autoridades, entre elas o vereador Jabá Moreira, além de Flávia Iraiore, representante do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR) no Brasil.

A Central de Triagem é uma obra da MFM para beneficiar o trabalho de catadores de recicláveis no Estado. “É um dos compromissos da MFM para elevar ainda a qualidade de vida em Rondônia”, definiu Allan Muller, diretor Executivo da empresa.

Para isso, Allan conta que a MFM firmou parcerias com a Prefeitura de Cacoal e a Cooperativa de Catadores de Recicláveis (Coopercatar) no município para estimular e qualificar as atividades da categoria: “Temos um bom exemplo desta parceria no Sul do Estado, onde os catadores locais foram integrados à Central de Triagem do Aterro Sanitário Regional de Vilhena”.

No município distante 705km de Porto Velho, as famílias beneficiadas fazem a seleção de 50 toneladas de recicláveis por mês, e a renda familiar já chega a 2 mil e 200 reais.

Em Cacoal, a Coopercatar prevê, inicialmente, fazer a seleção de 40 toneladas de recicláveis todo mês, com a integração de 30 famílias de catadores.

Segundo Marcos Rodrigues, presidente da cooperativa, a parceria com a MFM e a Prefeitura de Cacoal garante o desenvolvimento do trabalho dos catadores: “O apoio da MFM tem sido fundamental para a construção de um futuro promissor e a prefeitura também nos abre oportunidades para avançar”.

A prefeita Glaucione confirmou a expectativa de Marcos. “Essa parceria celebra a sustentabilidade, com a geração de emprego para as famílias por meio da seleção de recicláveis”, disse.

Glaucione ainda anunciou que os esforços para melhorar ainda mais o processo de seleção de recicláveis em Cacoal passam pela coleta seletiva, um sonho também dos catadores: “Não podemos parar, vamos desenvolver as questões ambientais em nossa cidade”.

O vereador cacoalense Jabá Moreira lembra que a MFM está cumprindo seus compromissos com a sociedade em Cacoal. “Nas discussões e audiências públicas sobre a instalação do aterro sanitário em Cacoal, a empresa sempre focou sua atuação no tripé econômico, social e ambiental, e é exatamente isso o que está acontecendo”, ressaltou.

Flávia Iraiore, do MNCR, por sua vez, comemora: “É um sonho sendo realizado”. Mas, há 10 anos, ela disse que não acreditava na realização. “Muitos esforços foram em vão”, lembra.

Para Flávia, fica mais viável realizar um projeto quando a parceria tem agentes responsáveis com suas ‘obrigações’: “É preciso comprometimento das partes, o que está evidente em Cacoal, estamos muito felizes por isso”.

O diretor Comercial da MFM, Marcos Vitorino, afirmou que os catadores de recicláveis de Ji-Paraná também vão se beneficiar das parcerias que a empresa desenvolve. “Vamos inaugurar em Ji-Paraná a terceira unidade de aterros regionais da MFM em Rondônia e a seleção de materiais recicláveis estará integrada”, ressaltou.

  • Fonte: Assessoria
Publicidade
loading... Carregando conteúdo...

Digite aqui seus comentários.

Reload the CAPTCHA codeSpeak the CAPTCHA code
 
Publicidade