Cacoal - Vereador aponta licença ambiental equivocada para instalação de empresa de incineração de lixo.
Segunda, 11 de Junho de 2018 - Atualizado as 23h52min

O vereador Jabá Moreira em seu discurso  na sessão desta segunda-feira, 11, falou sobre a autorização via Secretaria Municipal de Meio Ambiente - SEMMA -  para a instalação em Cacoal de uma Usina de incineração de lixo. De acordo com o parlamentar, a secretaria teria  dado a licença ambiental para a instalação e a Secretaria de Estado de Desenvolviemtno Estadual - SEDAM - também fez a liberação. 

O parlamentar explicou o por que de trazer a tribuna tal assunto. "De acordo com esta recomendação do Ministério Publico assinada pela promotora Valeria Giumelli Canestrini, deve ser revogada qualquer licença prévia de instalação da empresa Riozinho Indútria de Tratamento e Transporte Ltda. No Brasil não existe nenhuma usina de incineração de lixo comum em funcionamento. Na gestão municipal passada não foi dada a licença para a empresa pois a SEMMA não pode dar uma licença de alto impacto ambiental. Ela só pode dar licenças de baixo impacto ambiental. Cacoal já tem sistema correto de descarte de lixo através do aterro sanitário. Para se ter uma idéia, é comum a incineração de lixo hospitalar, mas apenas 100kg por dia devido o risco de poluição. Imaginem incinerar mais de 60 toneladas por dia no Riozinho? Para mostrar isso que eu estou falando tenho nas mãos uma recomendação do Ministério Público para que seja revogada a licença e também solicitando esclarecimentos. Liberaram a licença mas não tem o impacto ambiental, não tem impacto de vizinhança e sabemos que a queima do lixo produz gases tóxicos. Temos de pensar na população do Riozinho", disse o parlamentar  em entrevista ao site Rondônia in Foco. 

De acordo ainda com Jabá, ele irá fiscalizar este processo e dar mais satisfações a população sobre o caso da usina de incineração de lixo comum.

  • Fonte: Redação Rondônia in Foco
Publicidade
loading... Carregando conteúdo...

Digite aqui seus comentários.

Reload the CAPTCHA codeSpeak the CAPTCHA code
 
Publicidade