Casa São Camilo é contemplada com veículo 0 km para transporte de idosos

Atualmente a Casa acolhe de 87 a 92 idosos (masculino e feminino) de 14 municípios da região desassistidos por suas famílias. No local recebem, além de moradia e alimentação, cuidados odontológicos, social, fisioterapia, psicologia, atendimento dos médicos do Programa da Saúde da Família (PSF) e de estagiários de diversos cursos do município.

Fonte: assessoria de imprensa
Publicado em 15 de mai. de 2018 às 19:01
Imagem da Notícia Casa São Camilo é contemplada com veículo 0 km para transporte de idosos

O sonho se tornou realidade graças ao empenho do deputado Anderson do Singeperon (PROS) ao atender a solicitação da Casa de Acolhida São Camilo. A Instituição recebeu na última sexta, 11-05, um veículo spin 0 km, na ordem de R$ 78 mil reais, para atender a demanda da casa com transporte de idosos e serviços administrativos. O recurso foi alocado por meio de emenda parlamentar e efetivado via Secretaria de Estado da Ação Social (Seas).

 

Em 2017 o deputado Anderson Pereira visitou a Instituição. Na oportunidade a diretora-presidente, Santa Selma Rodrigues Coitinho Bordinhon, citou que a demanda principal seria a aquisição de um veículo para realizar o transporte dos moradores da casa até ao hospital, laboratórios e outras visitas de saúde.“Quero enaltecer o trabalho da Santa Selma a frente da Casa de Acolhida São Camilo, uma dedicação ímpar para ajudar pessoas excluídas a resgatar a sua dignidade de cidadãos, redescobrindo sua importância e seus verdadeiros valores como seres humanos” destacou.

 

De acordo com o coordenador de assistência social, advogado Paulo Henrique Silva, a Instituição é uma Associação Beneficente sem fins lucrativos, registrada e reconhecida com todos os direitos e na forma da lei. Fundada há 14 anos, recebe e cuida de pessoas doentes, deficientes, acamadas e idosas que muitas vezes são abandonadas pelas famílias. É uma referência no Estado quanto ao respeito à dignidade da pessoa humana.

 

"Possuímos como objetivos, acolher irmãos idosos, de ruas, oferecendo um lar, cuidados pessoais, visando à possibilidade de retorno à sociedade, propiciando atenção à saúde física e mental, lutando pela libertação de vícios dentre outros” frisou.

 

Atualmente a Casa acolhe de 87 a 92 idosos (masculino e feminino) de 14 municípios da região desassistidos por suas famílias. No local recebem, além de moradia e alimentação, cuidados odontológicos, social, fisioterapia, psicologia, atendimento dos médicos do Programa da Saúde da Família (PSF) e de estagiários de diversos cursos do município.

 

https://youtu.be/2xxm6aMZb00

 

Publicidade

Mais Lidas

Últimas

Publicidade